https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Causa e efeito

 
Cigarro...
Maldito vicio macabro
Com o qual a vida eu estrago
Mais não consigo parar.
Sou da noite boêmio,
Isso não posso negar,
E em cada noite na boêmia,
Mais um vicio ruim vou pegar,
Na primeira viciei na putaria,
Depois na mesa de bar,
Onde procurava em um copo de cachaça,
A mulher para me casar.
Hoje revendo o passado,
Vejo ao longe o quanto errei,
Mas noto vendo o meu dia-a-dia
O quanto eu já mudei.
Já parei com a boêmia,
Hoje só bebo durante o dia,
Não penso tanto em putaria,
Mais confesso que não larguei
E com a merda do cigarro,
Há, com essa merda me matei,
Adquiri um grave câncer,
Hoje vivo internado,
Com quimioterapia tratado,
Uso fralda como sendo uma criança,
Pois o câncer que rápido avança
E já tomou meus intestinos.
É o que tenho de herança,
Da teimosia do passado,
Não reclamo da doença,
Que de muito me serviu,
Pois hoje eu sou um exemplo
Aos fumantes do Brasil.


Luciano Ebeling Fonseca

 
Autor
luciano
Autor
 
Texto
Data
Leituras
512
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.