https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

"MINHAS IRMÃS".

 
Tags:  amor    respeito    sinceridade  
 

“MINHAS IRMÃS”.
(Soneto).

Por detrás das verdes matas
Surgia o sol da manhã...
Eu feliz lá nas cascatas
Brincava com as minhas irmãs!

Minhas irmãs meus amores
Minhas margaridas minhas rosas,
Dos meus jardins multicolores
Minhas poesias em prosas...

Ambas da mamãe nasceram
Juntas ao meu berço cresceram,
Partilhamos do mesmo leite...

Eu pequenino elas moças...
Como um bibelô de louça,
Em minha volta era enfeite.

Autor: Antonio Hugo.









“A VISÃO DO CEGO”.
(Frases).


Ainda que estejas cego, tu enxergarás...
Com a tua mente; basta que acredites
Em si mesmo, assim, Deus poderá
Guiar-te... Com os olhos da alma.

 
Autor
Antonio Hugo
 
Texto
Data
Leituras
2392
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
susana ariana
Publicado: 04/10/2007 02:39  Atualizado: 04/10/2007 02:39
Participativo
Usuário desde: 25/09/2007
Localidade: Almada
Mensagens: 13
 Re: "MINHAS IRMÃS".
E as saudades que não devem correr ao longo destas letras...

: )