https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

FATAL-

 
Me apraz em meio à noite contemplar
Por entre o vaporoso teu perfume
Um seio que me pisca vaga-lume
E aos olhos vão pousando a vacilar
Aonde irão as mãos se demorar
Que entregue em tanta sede e muito ardume
A mente não se furta, e nem se pune
De a febre do desejo despertar
Em frêmito contrai-se a calma face
E o líquido de mim que tanto adoras
Qual vindo de penhascos se derrama
Deixando-te amazona que sonhasse
Galgar essa cadência só de botas
E fosse assim vestida para a cama

Miguel Eduardo Gonçalves

 
Autor
MiguelGonçalves
 
Texto
Data
Leituras
636
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
5
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 07/08/2011 15:41  Atualizado: 07/08/2011 15:41
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 10240
 Re: FATAL-
Boa tarde Miguel seus versos narram uma cena protagonizada por grandes desejos, e intensa sedução, em que o casal se delicia com as manobras prazerosa dos afetos e caricias consensuais entre quatro paredes, parabens pelo seu apaixonante poema, MJ.

Enviado por Tópico
VCruz
Publicado: 07/08/2011 18:57  Atualizado: 07/08/2011 18:57
Colaborador
Usuário desde: 08/06/2011
Localidade:
Mensagens: 679
 Re: FATAL-
...só de botas...um derrame de luxúria em penhasco de ardume...não sacia sede...nem apaga lume...pune...regando vivo vinho...que não se furte, vaga-lume!
Lindo!

Bjsssss

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/08/2011 13:32  Atualizado: 13/08/2011 13:32
 Re: FATAL-
Um verdadeiro êxtase este seu poema Miguel. Muita sensualidade expressa com mestria.

Gostei muito desta leitura

Beijo azulOpen in new window

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 13/08/2011 17:14  Atualizado: 13/08/2011 17:14
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: FATAL-
sensu_ais
versos heróicos.

muito bem

Saudações

Abil!o

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/08/2011 17:17  Atualizado: 13/08/2011 17:17
 Re: FATAL-
*Tua poesia é um primor.
Requintada em palavras e sentidos...
Ler-te é uma dádiva para mim, Poeta espetacular.
BJM-
K*