https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Aurora

 
No dia que decidi
Subir naquele avião
Eu deixei-me atrair
Pela dor e confusão

Deixar tudo para trás
Sentir minha pulsação
A porta logo se fechou
Senti logo a sensação

Chegando a meu destino
As pernas duras feito aço
Eu pensei naquele mar
Largo expesso e gelado

Eu estava congelando
Meu suor virou sorvete
Meu coração batendo
Como calor do ritemete

Mas tudo aquilo foi apenas ilusão
Pois naquela hora apreciei
Foi à visão

A Aurora Boreal
Um presente surreal
Que ganhei ao anoitecer

Tinha cores estrondeantes
Como o som de um berrante
Que eu nunca pude ver



Diante daquela visão
Deixei de lado a sensação
Que eu vim para esquecer

Todas aquelas cores
No gelo a refletir
E no meu coração
A dor a se sucumbir
Pois aquelas dores
Tiro-as e deixo aqui.

 
Autor
clebersama
 
Texto
Data
Leituras
386
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 02/10/2011 15:44  Atualizado: 02/10/2011 15:44
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 2738
 Re: Aurora
Gostei muito do seu poema!
Corrigindo - expeço é espesso
aurora bureau é aurora boreal

abraços