https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

MIOPIA

 

São tantos os caminhos do meu pensar
tantas as vias de acesso,
sem conta as portas de saída
que perturbado fico ao dedilhar
as cordas da minha lira.

Hoje no meu pensar
alarguei os olhos ao mundo
buscando nele o mais profundo
das minhas inquietações
foi assim que nos meus acordes
do mundo encontrei as dores
nos tisnados montes
o ressaibo dos meus amores
já que um alfobre de ganância eu encontrei
no sonhar dos homens do meu tempo

E sobre esse sonho, desolado
O meu próprio sonho vomitei

A.Andrade



 
Autor
a.andrade
Autor
 
Texto
Data
Leituras
495
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
1
0
1
Recentes
Aleatórios
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 30/10/2011 19:33  Atualizado: 30/10/2011 19:33
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4527
 Re: MIOPIA
Ola Andrade

Bem vindo ao lusos
UM poema onde a reflexão navega nas palavras sentidas da alma

"São tantos os caminhos do meu pensar
tantas as vias de acesso,
sem conta as portas de saída
que perturbado fico ao dedilhar
as cordas da minha lira.

Concordo que há tanto para descobrir, tanto para escolher, tanto para percorrer que muitas vezes nos perdemos nos meandros do destino

Gostei de te ler poeta

Beijinhos
Tudo de bom para ti