https://www.poetris.com/
 
Dia das bruxas : 

É Meia Noite! È Halloween!

 
Batem os sinos fortemente
As corujas já voam no ar
Lá ao longe está o bosque
Ouvem-se as carroças, andar
Na luz da lua feiticeira, voam
Bruxas e feiticeiros nas vassouras
As gargalhadas estridentes no ar
Nada os faz parar, rindo de tudo
Morcegos, cobras e lagartos
Bosta de morcego, entranhas
Vísceras descompostas, horrendas
Tudo serve no caldeirão mágico
Fumo se espalha no ar, todos tremem
O medo assola a cidade, as crianças!
Cuidado! É que as bruxas as vão levar
Tranquem as porta, alhos espalhados
Nada os detém é noite de Halloween
Vôos rastejantes, risos bem marcantes
Vestes negras, olhos pintados, unhas pretas
Dentes podres, hálito de gambá, pum!
È noite dos mortos, fantasmas andam a solta
Susto ou docinho? Ou apenas um ovo partido?
Farinha, quem sabe ao forreta da rua, rápido!
Que a noite já está indo, com ela as bruxas
Já vão dormindo até ao próximo Halloween!




Podemos entrar em contato com você via e-mail?*

sim

 
Autor
Betimartins
 
Texto
Data
Leituras
1573
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.