https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

oito

 
poupar. o dia. poupar a angústia e desepero
a mescla de sabores. nada adianta se a morte
espreita. só a morte compreende este caminhar
esta ousadia de desventrar parte da vida. amanhã
será um outro dia estendido e a poupança terá
ritmos alucinantes até que a noite sorria o dia.

 
Autor
Nadir.Caetano
 
Texto
Data
Leituras
304
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Conceição Bernardino
Publicado: 31/10/2011 21:08  Atualizado: 31/10/2011 21:08
Colaborador
Usuário desde: 22/08/2009
Localidade: Porto
Mensagens: 3332
 Re: oito
a morte consciente acorda todos os dias durante a noite e morre de manhã ao acordar...assim o entendi

gostei