https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 »
Offline
Nadir.Caetano
po(l)ema
po(l)ema é o espaço que mora nos teus olhos desenhado pela minha mão pro(b)lema...
Enviado por Nadir.Caetano
em 10/06/2012 06:44:05
Offline
Nadir.Caetano
faz um poema
na tábua desenhada vejo o poema que morde os lábios do dilema na imperfeita noção do verso que ca...
Enviado por Nadir.Caetano
em 14/01/2012 17:20:34
Offline
Nadir.Caetano
tu és
tu és o poema o norte e o sul és a fonte que dá vida e a água. tu és a ponte que segura o tempo a...
Enviado por Nadir.Caetano
em 10/01/2012 21:24:28
Offline
Nadir.Caetano
apaguei-vos do meu espaço
apaguei a memória como quem desliga a luz. zás. sem pensar, um pouco que fosse, para condenar cad...
Enviado por Nadir.Caetano
em 08/01/2012 08:57:48
Offline
Nadir.Caetano
2012
não me vendam vendavais, nem dado quero trovoadas. eu acredito num excelente ano 2012 para todos!...
Enviado por Nadir.Caetano
em 01/01/2012 17:02:40
Offline
Nadir.Caetano
ainda espero
as palavras bordadas a quente num ouro de amor o gesto de quem sente esta nossa dor ainda espero ...
Enviado por Nadir.Caetano
em 30/12/2011 06:27:39
Offline
Nadir.Caetano
shiuuuuuuu
não digas o que pensas que o pensamento é traiçoeiro não penses na palavra que ela é séria. não ...
Enviado por Nadir.Caetano
em 29/12/2011 20:11:26
Offline
Nadir.Caetano
este é para ti:
não tenho forma nem jeito de agradar-te: por isso não te minto. uso o silêncio...
Enviado por Nadir.Caetano
em 28/12/2011 20:29:49
Offline
Nadir.Caetano
hoje não
hoje não tenho nada para te dizer nunca tenho nada para guardar para que te possa contar para qu...
Enviado por Nadir.Caetano
em 26/12/2011 21:16:37
Offline
Nadir.Caetano
nas ruas vejo-te
nas ruas desta minha cidade vejo-te os passos e as vidas que tiveste nas ruas desta nossa cidade ...
Enviado por Nadir.Caetano
em 25/12/2011 19:52:57
Offline
Nadir.Caetano
Enviado por Nadir.Caetano
em 23/12/2011 19:34:42
Offline
Nadir.Caetano
preciso que me comentes
hoje vou escrever para ti. preciso que me comentes. que mostres a todos as minhas qualidades lite...
Enviado por Nadir.Caetano
em 21/12/2011 21:50:33
Offline
Nadir.Caetano
todos os nomes
tenho vários nomes. todos os nomes. sou pai e filho. amigo de ninguém e inimigo do diago. tenho c...
Enviado por Nadir.Caetano
em 18/12/2011 09:03:45
Offline
Nadir.Caetano
que conta o passado que o futuro não mude
que conta o passado que o futuro não mude?
Enviado por Nadir.Caetano
em 11/12/2011 09:37:09
Offline
Nadir.Caetano
façam de conta que eu não estive cá
façam de conta que eu não estive cá
Enviado por Nadir.Caetano
em 10/12/2011 08:21:12
Offline
Nadir.Caetano
nunca amei
nunca amei ninguém com coragem. a coragem gastei-a na imensidão do caminhar de abraçar as pontes...
Enviado por Nadir.Caetano
em 09/12/2011 23:05:42
Offline
Nadir.Caetano
aqui nasce a vida literária
estou do lado dos que querem lutar por este espaço como um lugar de literatura, de conhecimento p...
Enviado por Nadir.Caetano
em 08/12/2011 10:05:55
Offline
Nadir.Caetano
esta voz não se ouve
cerro os punhos e grito: love, que por amor se faz um filho, mas esta voz não se ouve e a minha ...
Enviado por Nadir.Caetano
em 06/12/2011 22:34:45
Offline
Nadir.Caetano
luso-amigos – amigos, piropos e snobes
cheguei, li e escrevi. esse mérito fica guardado para o site que tem uma dinâmica própria. entrei...
Enviado por Nadir.Caetano
em 04/12/2011 08:31:11
Offline
Nadir.Caetano
esta leitura não interessa
o que queres ler? o elogio com que digo amor nas frases despidas da sinceridade. não importa se ...
Enviado por Nadir.Caetano
em 03/12/2011 21:30:36
(1) 2 3 »