https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

UMA FERIDA, UM CONTRAPONTO, UM PESPONTO

 
Tags:  ironia    aflição  
 


Gê Muniz

UMA FERIDA, UM CONTRAPONTO, UM PESPONTO

A animalesca frase desnuda
À curva afiada d’uma lança
Fura a desesperança maldita
E desencabrita a vida posuda,
Malsisuda ao som de La Comparsita
Fechada a fresta da boca patusca
Antes burlesca, se irrita ao ponto
De plantar à minha escrita
Uma ferida, um contraponto,
Um pesponto de ironia aflita

Gê Muniz
 
Autor
GeMuniz
Autor
 
Texto
Data
Leituras
974
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
JBMendes
Publicado: 15/11/2011 18:58  Atualizado: 15/11/2011 18:58
Colaborador
Usuário desde: 13/02/2010
Localidade:
Mensagens: 5222
 Re: UMA FERIDA, UM CONTRAPONTO, UM PESPONTO
Caro poeta GeMuniz - Gostei de ler o seu poema. Algo novo...
Um Abração JBMendes


Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 15/11/2011 21:44  Atualizado: 15/11/2011 21:44
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4531
 Re: UMA FERIDA, UM CONTRAPONTO, UM PESPONTO
Este é mais um dos teus poemas
que gostei imenso de ler,
mas que não sei como comentar.

Beijinhos Gê
Antonieta