https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Não devia ter te deixado

 
Não devia ter te deixado
Sinto muitas saudades de ti
Agora meu coração está estilhaçado,
Quebrado em mil pedaços

Quando vou a praia
Vejo as nossas pegadas
Que não sumiram
Com as águas passadas

Quando vou dormir,
Penso em você
O impossível não acontece
Eu não posso te esquecer.

Volte para mim
Não deixado
Mas a fila deve ter andado
Agora estou só

Por favor,
Acabe com isso
Me ligue só mais uma vez
Quem sabe eu te deixe em paz.

 
Autor
Aninha_
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1006
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
karolis.br@sapo.pt
Publicado: 20/11/2011 16:13  Atualizado: 20/11/2011 18:48
Da casa!
Usuário desde: 17/04/2010
Localidade: Cascais. Portugal.
Mensagens: 368
 Re: Não devia ter te deixado
Sabe, às vezes tenho dificuldade em distinguir a realidade da fantasia poética. O seu poema está tão bem construído que me obriga a acreditar que esse amor é real, existe de facto. O "seu" arrependimento é uma linda carta de amor. Poucos homens têm essa sorte.

"Deus fez do arrependimento a virtude dos mortais. "
( Voltaire )


Como vê, naveguei sobre o seu poema e consegui sonhar. Isso é muito bom; é óptimo!


Parabéns e obrigado por me fazer sonhar!


Beijos
Carlos