https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

ParadoXos

 
ParadoXos
 
Contagia-me com as tuas asas. Voa-me todo de uma vez ou cai a pique no poema côncavo que cavo aos poucos. Porque se há coisa que não desejo a ninguém é ter insónias na voz e engolir o timbre dos búzios em dó menor.

 
Autor
ParadoXos
Autor
 
Texto
Data
Leituras
419
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Chinezzinha
Publicado: 21/11/2011 22:24  Atualizado: 21/11/2011 22:24
Super Participativo
Usuário desde: 07/08/2007
Localidade:
Mensagens: 181
 Re: ParadoXos
Eduardo,
adorei este também.
engole em dó maior.
beijinho:)
Ana

Enviado por Tópico
Chinezzinha
Publicado: 22/11/2011 21:13  Atualizado: 22/11/2011 21:13
Super Participativo
Usuário desde: 07/08/2007
Localidade:
Mensagens: 181
 Re: ParadoXos
adorei o teu blog e já te estou a seguir.é maravilhoso.
só não consegui comentar com a minha conta google. Dava erro.
beijinhos
Ana