https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Coração em ruina

 
Tags:  poema  
 
Não sei se vou chorar
Não sei se vou gritar
Não sei como te amar
Mas de repente a razão acorda-me
Olho para ti e sinto que tudo pode mudar.
Tocámo-nos
Despimo-nos
Não pensei
Tu… também não.

Não sei se vou chorar
Não sei se vou gritar
Não sei como te amar
Acendi a lareira
Afaguei o caminho que caminhas
Para procurar o abraço quente,
E à chegada da estrela da manhã
Teu corpo serpentear...
Para arder na fogueira da paixão.

Não sei se vou chorar
Não sei se vou gritar
Não sei como te amar…
Conheço bem cada pensamento teu
Que como um louco repito
Sinto-te perto ainda que longe!
Como a minha sombra
A tua vida não posso agarrar.
Já não consigo acreditar…

Não sei se vou chorar
Não sei se vou gritar
Não sei como te amar
Olho o horizonte, deixei de te ver.
Se tudo tem um começo
Vou continuar a perguntar porquê?
Antes que a roda da vida
Desperte em nós o ardor
E nos junte mais uma vez.

Não sei se vou chorar
Não sei se vou gritar
Não sei como te amar
Sabe bem ter-te por perto
Sem medo do brilho que dure
Que dirás se o tempo nos der o tempo
Sobre uma estrela perdida
E olhando sem olhar
Mil e um segredos.

Não sei se vou chorar
Não sei se vou gritar
Não sei como te amar
Coração em ruina
Na penumbra do quarto,
Desvendas fantasias
A dança das chamas
Mais dias, mais noites
Sei que a ti vou-me entregar.

C@rlos@lmeida


C@rlos@lmeida

 
Autor
Mikii
Autor
 
Texto
Data
Leituras
463
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 26/01/2012 09:56  Atualizado: 26/01/2012 09:56
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29155
 Re: Coração em ruina
FRAGMENTOS DE UM CORAÇÃO, DESILUSÃO, UM POEMA QUE ESTA MARAVILHA, DEIXO MEU ABRAÇO

MARTISNS