https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

O SOM EXORBITANTE

 
Tags:  poeta  
 


<img src="http://jairobezerra.weblogger.net/200 ... /sem-titulo.bmp">
O SOM EXORBITANTE


Farfalhar lembra o som de teu vestido,
Esvaecido, tremulando tal bandeira,
À aproximação do vento invertido
Com tenuidade embora alvissareira!

Tremulava um sinal de paz e alegria,
Atração que excitaram o meu olhar...
E tua forma sensual liberava atonia
Àqueles que pretendiam te amar

Na paisagem atual continuas bela...
E o poeta mais sentimental à janela,
Suspira quando tu passas!

É que tua atração o inebria no tempo!
E fitá-la passa a ser o seu passatempo,
Alimentando desejos sem devassas!




 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
719
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/11/2007 15:28  Atualizado: 06/11/2007 15:28
 Re: O SOM EXORBITANTE
O som que transmite a sensualidade da mulher, leva a que os nossos desejos sejam fortes e complexos de vontade, para que se concretizem o quanto antes, pois tudo é belo enquanto uma mulher se deslumbra perante um homem.