https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

lamento

 
Tags:  frustado  
 
Quando queria estar contigo
Fizeras de mim o presente ao ausente
Exaltava a si mesma egoísmo comigo
A mim cego sempre a envaidecer-te contente
Lamentos foram os meus aos montes hoje não presentes e sigo...
Foram muitos ditos verídicos sentimento ali presente
Da mais pura a mais sincera vontade em fazer-te feliz negou-me abrigo
Imerecidamente gozou de tudo e entregou-se a outro ultrajante,
Comigo mais a ti. Se agora és fruta em desagrado o meu paladar [figo]
lamento aos teus olhos sem enxergar minha qualidade insistente
Lamento a ti faltar discernimento próprio entender não consigo,
Mas acho que és de ti findar-se sozinha realmente
Lamentar o futuro, chorar sem lagrimas, lembrar-se do passado antigo,
Viajar no que haveria acontecido se agisse diferente,
E depois de aconchegar-se em corações de solos inférteis te digo
Vai entender que nem tudo que se quer vai lhe trazer feliz infelizmente
Ainda a consolo finja nada sentir e aos poucos ingira seu ego
Talvez encontre alguem que não sonhou por conveniência somente
So auferimos se nós merecem nem tanto pra tão pouco em vez cego,
Mas em tempo a renunciar cousas d outrora e viver um fim abrangente.






barreto
 
Autor
barreto
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2593
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.