https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Ácidos

 
Ácidos
 
Chuvas ácidas
Corroendo as flores
Do jardim.
Belos buquês
Exalando beleza
Sem se notarem mortos.
E assim chamas amor
A esta rotina de bela aparência
E de defuntos afetos.

(Danclads Lins de Andrade).

 
Autor
Danclads
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1186
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/09/2012 01:02  Atualizado: 05/09/2012 01:02
 Re: Ácidos
Morre-se aos poucos...
Gostei muito da leitura.