https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Roteiros do Início da Europa (III)

 
.


no lago cismigiu
pela doce mão de ioanna
contarás todos os nomes que essa paris de leste
guardou para ti -

eminescu (o maior), odobescu, maiorescu, caragiale, cosbuc,
losif, creangã, vlahutã, zamfirescu, hasdeu,
balcescu e vasile alecsandri.

(e tu sabes que és o único poeta vivo, aquele que resta,
tu herdaste-lhes o castelo de vlad III)

depois, tranquilo, no bairro radu vodã,
todos os teus novos amigos no intervalo de um jogo do rapid
e a mesma vontade indecisa nos rostos,
a mesma europa aqui, tão próxima da tua mostar solarenga
ou do teu duende verde, além;]

ioanna (tão bela) dir-te-á amor nessa língua,
quando acenderem os luzeiros sobre o dâmbovita;

- onde bartók procurou a canção primitiva, ajustada
a uma dominante trémula, há tanto
e tanto; -

te iubesc


te iubesc


.

 
Autor
MarioRevisited
 
Texto
Data
Leituras
519
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.