https://www.poetris.com/

 
(1) 2 »
Offline
MarioRevisited
Roteiros Andaluzes - I - Córdoba
. chegaste já no final do entardecer, quando o sol queimava a ponte romana sobre o Guadalquivir...
Enviado por MarioRevisited
em 03/09/2012 11:18:52
Offline
MarioRevisited
Clic
. .
Enviado por MarioRevisited
em 31/08/2012 17:23:45
Offline
MarioRevisited
Guitare Rose
. Je t'ai entendu pleurer, Tes diamants volés, maison enfoncée. Fille perdue au monde, à...
Enviado por MarioRevisited
em 18/08/2012 11:56:17
Offline
MarioRevisited
[Bleasby's Street]
. Céus cinzentos onde desce a cotovia _Sobre as velhas antenas dos prédios gastos Poemas de poe...
Enviado por MarioRevisited
em 10/08/2012 18:16:44
Offline
MarioRevisited
[poema]
. todas as dúvidas, ambos os lados da colina, _________as diversas literaturas, os idiomas incó...
Enviado por MarioRevisited
em 10/08/2012 12:10:48
Offline
MarioRevisited
Roteiros do Início da Europa (III)
. no lago cismigiu pela doce mão de ioanna contarás todos os nomes que essa paris de leste guar...
Enviado por MarioRevisited
em 07/08/2012 17:07:43
Offline
MarioRevisited
linda girl
. à elsa linda girl, linda girl, fica comigo, nesse vestido blue teus olhos carvões, linda g...
Enviado por MarioRevisited
em 04/08/2012 19:40:09
Offline
MarioRevisited
Roteiros do Início da Europa (II)
. quando chegares a cork city deixa-te levar pela alegria do velho irlandês que entoa o «get on...
Enviado por MarioRevisited
em 04/08/2012 15:35:05
Offline
MarioRevisited
Roteiros do Início da Europa (I)
. nas ruas de Mostar podes caminhar de alma lavada e o sol de toda a europa aquecer-te-á os de...
Enviado por MarioRevisited
em 03/08/2012 19:20:45
Offline
MarioRevisited
Declaração
. a antónio josé forte eu bric-à-brac na ilharga em imenso escroque cingido por três varandas...
Enviado por MarioRevisited
em 02/08/2012 17:20:31
Offline
MarioRevisited
Se fores ao Clube Ferroviário
. se fores ao clube ferroviário diz àquela ruiva linda que eu a amo que eu não me chamo mário...
Enviado por MarioRevisited
em 30/07/2012 10:29:17
Offline
MarioRevisited
Um Haikai
. Bruma e Bruna Das duas Uma .
Enviado por MarioRevisited
em 28/07/2012 19:06:47
Offline
MarioRevisited
Poema 23
. à elsa essa mulher em extremo primavera de pólen e totens à ilharga cingidos imenso que dis...
Enviado por MarioRevisited
em 24/07/2012 12:44:45
Offline
MarioRevisited
[poema 12]
. algures alguém em extremo desencante (assinalável) propício resvalado em céus da boca ou altu...
Enviado por MarioRevisited
em 15/07/2012 11:22:55
Offline
MarioRevisited
História Avulsa Escutada a Contra-Mão
. três chances dois amores quatro rivais uma sónia vizinha quinze minutos (à espera) um vendaval...
Enviado por MarioRevisited
em 13/07/2012 19:51:52
Offline
MarioRevisited
Poema dos três cachimbos
. essa intercalar voz rouca de telefonista o meu nipónico desejo por às terças a rodos cintil...
Enviado por MarioRevisited
em 09/07/2012 18:03:07
Offline
MarioRevisited
Insensa Tez Revisited
. ninguém sabe porque escreve ou porque o céu desflorou a virgem; ou quanto sal nesse beijo no...
Enviado por MarioRevisited
em 02/07/2012 19:07:10
Offline
MarioRevisited
[Considerações sobre a minha obra]
. A minha obra é linda. A minha obra, no fundo, não presta. A minha obra quero emigrá-la longe...
Enviado por MarioRevisited
em 30/06/2012 15:44:30
Offline
MarioRevisited
Cesariana Revisited
. Quem escreveu versos depois dos trinta falhou a vida. Quem não escreveu versos depois dos tr...
Enviado por MarioRevisited
em 30/06/2012 10:37:11
(1) 2 »