https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Contas de Vidro

 
.



este querer imenso Filipa quando se é em extremo Ivone
este querer imenso Prodígio quando se é Arbítrio
este querer Nuvem quando se é em extremo Lupanar
este querer imenso Poema quando se é Detalhe

este querer imenso Lupanar quando se é Poema
este querer Detalhe quando se é em extremo Filipa
este querer imenso Arbítrio quando se é Nuvem
este querer imenso Ivone quando se é em extremo Prodígio





.

 
Autor
MarioRevisited
 
Texto
Data
Leituras
449
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.