https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

A feira

 
Tags:  maçã    repentes    abacaxi    linguiça  
 
Open in new window

A feira

A primeira vez que eu fui a uma feira
Deslumbrei-me com tantas coisas alí
Pois tinha desde a fruta da macieira
Até o mais lindo e dourado abacaxi

Tinha um seguinho que tocava viola
E dois nordestinos fazendo repentes
Vi uma japonesa lhes dando esmola
E um feirante sorrindo, sem dentes

Um japonês que gritava “aploveita”
Que a nossa linguiça aqui é bem feita
E o patrício bem ”balato” vai comprar

Havia uma velha que dizia estar cega
Mas olhava pr'os homens sem trégua
Cantava e tocava pandeiro sem parar.

Jmd/Maringá, 05.09.12








verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
653
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 05/09/2012 17:43  Atualizado: 05/09/2012 17:43
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29356
 Re: A feira
ESSES FOLCLORICOS FEIRANTES, LINDO POEMA

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 05/09/2012 18:32  Atualizado: 05/09/2012 18:32
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16305
 Re: A feira
Boa Tarde!
Bela descrição da exuberância e diversificação de culturas, encontradas nas "feiras". Parabéns!