https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

DUETO CARLOS VAL E JESSICA NEVES ONDE OS CEGOS SE ESCONDEM COM MEDO DO TACTO DA LUA

 
 


No meu dorso sinto o humedecer das tuas lágrimas
Como orvalho que dói e (con)sente
Neste céu inquisidor de sonhos arrancados
Das estrelas ainda meninas

Lava-me a alma em fogo e sangue
Como quem lava o rosto num copo de vinho agridoce
Queima todo o preconceito que há dentro de nós
E as migalhas que escondemos entre as mãos
Repartem-se no sol que trazes na boca

O desejo faz-se em lábios que se tocam em uníssono
Dentro de um violino escarlate
Onde os acordes se entrelaçam numa nudez celestial
Ainda que os corpos sejam imperfeitos
Alimentam dois olhares que se pretendem
No mais profundo do seu ser
Onde os cegos se escondem com medo do tacto da lua
Esta noite rasga o céu e faz-me tua
Rasga o dia para que possa morrer no teu leito de branca espuma
Nas ondas dos teus cabelos sedentos de mar.

21.09.12



Carlos Val - Pseudónimo Literário de Conceição Bernardino

http://nonosentidoval.blogspot.com/

 
Autor
Carlos_Val
 
Texto
Data
Leituras
784
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
jessicaseventeen
Publicado: 21/09/2012 20:26  Atualizado: 21/09/2012 20:29
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2011
Localidade: Coimbra, Portugal
Mensagens: 920
 Re: DUETO CARLOS VAL E JESSICA NEVES ONDE OS CEGOS SE ESC...
Para mim é cada vez mais, uma honra, entrelaçar a nossa poesia

OBRIGADA pela partilha e pela amizade

Beijo-te com carinho e admiração *

Jessica

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/09/2012 01:08  Atualizado: 22/09/2012 01:08
 Re: DUETO CARLOS VAL E JESSICA NEVES ONDE OS CEGOS SE ESC...
Um belo dueto mergulhado à luz da lua numa coberta de desejos...há momentos assim em determinados momentos da vida.
Abraços ao duo.
Luzia