https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

FLOR

 
Tags:  amor    conquista    planta  
 
FLOR


Olhei-a de longe sobre o forte caule
em seu esplendoroso receptáculo sob o sol.
Já perto, encantado pelos florais tons,
observei suas formas, pétalas, pele.

Assim fiquei longos segundos
até tocar, tímido e receoso, o cálice.
Aromas exalaram para o mundo
e o orvalho escorreu entre os dedos.

Já sobre o perianto, cheirei cálice e corola.
Beijei as pétalas estéreis e macias.
E na transparência do olhar o cálice abriu caminho
vencendo a timidez do gesto.

Como quem sonha, abriu-se lentamente,
deixando cair os espinhos e se entregou
oferecendo seus estames, corpo e alma
a quem soube chegar e entrar com calma.

Androceu e Gineceu dançaram a dança do amor.



 
Autor
AntonioRoqueRocha
 
Texto
Data
Leituras
424
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.