https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Grilhões da Memória

 
Deixar partir,
esquecer.
Recear,
querer ter e perder-me
na lembrança
do que foi,
tive e mereci.
Tudo me impede...
e não estás aqui
por tudo e nada
do que arranquei de mim
deixei morrer
e acabou.

Quero ir...
leva-me a memória também!


Maria Toranja

 
Autor
C.Driade
Autor
 
Texto
Data
Leituras
581
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 02/10/2012 18:35  Atualizado: 02/10/2012 18:35
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9716
 Re: Grilhões da Memória
Boa tarde C dríade, seus versos narram uma personagem profundamente inquieta com as vicissitudes do seu complexo viver, Parabéns pelo seu instigante poema, um grande abraço, MJ.