https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Fantasia : 

ROSA DIFERENCIADA

 
Tags:  poeta  
 


Rosa vermelha me entristeces!
Optaria que tu fosses azul celestial...
Com tua cor meu corpo padece,
E meu sofrimento é crucial!

No inverno fujo de teu jardim,
Com amplo sofrimento emocional...
Metamorfose - te e voltes para mim,
E serei o teu amor hibernal!

Aspirarei o perfume que exalas!
Ao amanhecer das manhãs claras...
Quando perto de ti passo!

Continuas a rosa que me enobrece!
E meu amor de poeta por ti cresce...
Desordenadamente, em teu encalço!



 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
570
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Nilton
Publicado: 07/12/2007 17:44  Atualizado: 07/12/2007 17:46
Muito Participativo
Usuário desde: 13/09/2007
Localidade: Brasília - Distrito Federal
Mensagens: 54
 Re: ROSA DIFERENCIADA
O Poeta, assim, me espanta,
A desventar o bipolarismo,
Não importando, a cor te encanta,
Com os preconceitos soltos no abismo!

Mais uma vez surpreendendo seus fãs!

Parabéns, Meu Mestre!