https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

LUZ

 
A luz que ressinto
Quando te vejo,
É parecida com a luz do universo,
Que apareceu no primeiro dia.

A escuridão atormentada
Caminhava sozinha,
Sem limites, sem obrigas
Sem distingues e intrigas.

Aborrecida de tudo e nada.

Assim, num ímpeto
Do oco saiu,
Uma fonte de luz que explodiu.
Provocando uma sede
De amor e de dor,
De pegados cansados
De mundo e sol.

Mas onde desapareceu esse brilho flamante?

A luz que me enche o peito
Quando te vejo, perfeito
É parecida com a luz do universo,
Que nasceu no primeiro instante
Nas almas do mundo converso.


Bejinhos & abraços
Mademoiselle Scarlett

 
Autor
Mademoiselle Taty_Ana
 
Texto
Data
Leituras
608
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
JPAnunciação
Publicado: 25/02/2013 19:58  Atualizado: 25/02/2013 19:58
Luso de Ouro
Usuário desde: 18/06/2008
Localidade: Évora / Lisboa
Mensagens: 250
 Re: LUZ
Sem dúvida uma Luz que enche o peito, universal, astral.
A paixão ilumina irradia a nossa alma.
Há esse raiar deslumbrante nestas suas palavras que amanhecem este poema de LUZ.
É sem dúvida uma Luz bem vinda por aqui!

Beijos grandes,
JP

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/02/2013 20:32  Atualizado: 25/02/2013 20:32
 Re: LUZ
Boa noite poetisa.
Encantada luz aqui derramada na sua poesia.
É essa a luz da vida...
Belíssimo poema.

Cumprimentos,


Frank_Mike