https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Lory Obra do Anjo na Terra

 
Oh Lory- Obra do Anjo na Terra,
És meu sossego, és minha musa
Que faz-me a alma tão confusa.
És o meu medo, a minha guerra…
Oh Lory- Obra do Anjo na Terra.

O teu cabelo brilhante
É como a chuva que derrote,
A minha alma de pintor.
Oh Lory, seja a minha Deusa
Ou minha escrava ou meu odor.
O teu sorriso inocente
É o Red Bull da minha dor,
E o teu corpo impaciente
É o meu loco cobertor.
Eu quero a tua juventude,
Eu quero a tua energia
Subir a tua altitude
Perder-me na tua magia.
Oh Lory, vem, não tenha medo
Receba todo o meu amor,
Não pensas na minha esposa
Ela não é a mesma flor.

A Lory baixando a cabeça,
Deixando o coração cair,
Cantou baixinho e sem pressa:
-Quero viver!!!
Deixa-me ir.
Eu quero ser um trem que passa
Por todas belas estações,
Não quero ser a estação
Do vosso trem, do trem dos dois.
Porque um homem tem que ter
Uma amante e uma mulher
Num só corpo a conviver…

Oh Lory – Obra do Anjo na Terra
És o meu medo a minha guerra…


Bejinhos & abraços
Mademoiselle Scarlett

 
Autor
Mademoiselle Taty_Ana
 
Texto
Data
Leituras
648
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/03/2013 22:39  Atualizado: 31/03/2013 22:39
 Re: Lory Obra do Anjo na Terra
Boa noite poetisa.
Um poema lindo e musical.
Gostei.

Cumprimentos,

Frank_Mike