https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Amor Platônico

 
Tags:  amor    esperança    Alexandre Montalvan    platónico  
 


Amor Platônico

Ela nunca soube
O quanto eu a amava
Eu perdia a fala, quando eu me aproximava.
Não tinha coragem, eu me descompassava.

Ela nunca soube
O quanto eu sonhava
Em tocar-lhe o corpo e aquela pele alva
E perder-me todo
Senti-la criança
O quanto eu a amava, eu me despedaçava.

Ela nunca soube
Da minha esperança
Deste amor platônico que hoje é lembrança
E eu te conto agora
Em ti tenho confiança
Divido meu segredo e a minha história

Ela nunca soube
Deste amor divino
Louco e proibido que eu trago na memória
Ela nunca soube o que eu te conto agora
Sigo meu destino e a minha historia

Alexandre Montalvan

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1537
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
3
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/04/2013 17:11  Atualizado: 10/04/2013 17:11
 Re: Amor Platônico
Caro poeta, montalvan

Muito bonito e triste o seu poema. Amar sozinho não é fácil.

abs

Angelmar

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 10/04/2013 19:35  Atualizado: 10/04/2013 19:35
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16946
 Re: Amor Platônico
Amigo Poeta
Lindo apesar de triste como todo amor platônico!
Parabéns! Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 23/02/2021 10:57  Atualizado: 23/02/2021 10:57
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: BRASIL
Mensagens: 722
 Re: Amor Platônico
Parece que esse amor nunca terá fim ( apesar de ficar esperando a continuação )