https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Mortos-vivos

 
A Humanidade está vazia!
Tão longe ... tão distante ...
Os-homens-vivem-separados!
Tão frios ... tão gelados ...
Surdos! Tão surdos ...
Cegos! Tão cegos ...
Retalhados, arrogantes, sem meta,
porque a meta, essa, não é fora,
é dentro! Intima-meta ...
Por onde as suas Almas?!
Mortas! Tão mortas!
Secas entre nardos e silvas d'arrogância!
Mais vivos estão os mortos que morreram
que os que morreram e estão vivos ...


Ricardo Louro

Algures na Tapada de Mafra,
em Mafra ...

Sempre tive a sensação que os vivos que comigo se cruzavam estavam mortos, que viviam mortos ... hoje, mais lucido do que nunca, percebo porquê! Estão desgarrados, separados, distantes das suas Almas... esse Fogo interno que anima a Vida em Nós, esse sopro-vital de Deus em cada um!


Ser Poeta é exilio
num pais de condenados
um tormento infinito
de mil olhos rejeitados!

Ricardo Maria Louro

 
Autor
Ricky
Autor
 
Texto
Data
Leituras
839
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 30/05/2013 20:06  Atualizado: 30/05/2013 20:06
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16585
 Re: Mortos-vivos
Poeta
Bela reflexão! Adorei!
Parabéns!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/07/2013 22:12  Atualizado: 17/07/2013 22:12
 Re: Mortos-vivos
"Sempre tive a sensação que os vivos que comigo se cruzavam estavam mortos, que viviam mortos ... hoje, mais lucido do que nunca, percebo porquê! Estão desgarrados, separados, distantes das suas Almas... esse Fogo interno que anima a Vida em Nós, esse sopro-vital de Deus em cada um!"

Nunca estive tão de acordo com uma frase e um pensamento como este que escreves-te!
Adorei...verdadeiro e decididamente acertado!!!