https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O silêncio também fala

 
As feras perdidas do Oriente
Saltam pelos riachos e rias
De uma Natureza a contemplar

Os horizontes singelos e frios
Salientam as margens
De uma louca cascata
Que abunda ferozmente na luz celeste

Das águas silenciosas e troantes
Um raio cai a Sul de uma clareira
O monstro da noite reergue-se
Das profundezas de uma galáxia gélida

Que enfrenta os poderes
De defesa deste novo Mundo
Tudo nasce, tudo cresce e tudo morre
É a lei deste Mundo novo

O tempo custa a passar
E as nossas feras outrora
Tombam nos corpos dos seus antepassados
Porem encontram refúgio no leito do rio

Todas estas horas passadas houve um silêncio
Um silêncio recompensado pelas memórias rasgadas


Bruno Miguel Inácio


 
Autor
brunomi
Autor
 
Texto
Data
Leituras
818
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 30/08/2013 17:26  Atualizado: 30/08/2013 17:26
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16195
 Re: O silêncio também fala
Brunomi
Gosto muito dos seus textos! Beijos!
Janna