https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 »
Offline
brunomi
À flor da pele 2
Ouves a chave a entrar na ranhura da porta. Pegas na garrafa de vinho e enches o copo. Levantas ...
Enviado por brunomi
em 20/08/2018 22:23:23
Offline
brunomi
À flor da pele 1
Esse copo de vinho meio vazio é a esperança, a loucura ou mesmo a ternura... Pegas delicadamente ...
Enviado por brunomi
em 18/08/2018 23:41:15
Offline
brunomi
Noite de primavera
Sorriste para mim Naquela noite de primavera À beira mar, Logo ali senti, a brisa de além-mar ...
Enviado por brunomi
em 16/08/2018 22:03:14
Offline
brunomi
Avarento
A alma abismal acelera a arte Alguns atravessam a astúcia anormal Avarento! Ama a amante. A ap...
Enviado por brunomi
em 23/06/2018 20:03:28
Offline
brunomi
Como é triste sufocar
Peço desculpa por vos estar a chatear com algo meu, mas preciso urgentemente de desabafar com alg...
Enviado por brunomi
em 20/06/2018 21:27:19
Offline
brunomi
Sonho de uma vida
Fecho os olhos e vejo-te a caminhar pela areia quente, pegas-me na mão e puxas-me em direção ao m...
Enviado por brunomi
em 21/04/2018 22:16:47
Offline
brunomi
Primavera chuvosa
Mais uma manhã em que regressa a chuva, em primavera plena. Céu nublado com cheiro a trovoada e s...
Enviado por brunomi
em 21/04/2018 12:12:53
Offline
brunomi
Manhã silenciosa 2 (Capítulo II)
Nascida na cidade de Coimbra em pleno mês de Inverno, dia sete. Filha de pais adotivos. Os seus ...
Enviado por brunomi
em 27/03/2017 23:33:58
Offline
brunomi
Manhã silenciosa 1 (Capítulo II)
Querida Eva, No meu mais indolor sentimento profundo, reencontro o azul celeste desses maravilhos...
Enviado por brunomi
em 24/03/2017 19:38:11
Offline
brunomi
Manhã silenciosa 5 (Capítulo I)
O dia deu lugar à noite, no percurso que realizei até casa decidi telefonar para o meu Diretor de...
Enviado por brunomi
em 24/03/2017 18:53:03
Offline
brunomi
Manhã silenciosa 4 (Capítulo I)
No domingo, por volta das quinze horas já estava na redação para a reunião do fecho de jornal, po...
Enviado por brunomi
em 21/03/2017 19:20:50
Offline
brunomi
Manhã silenciosa 3 (Capítulo I)
Preparava-me para ir almoçar quando Alessandra toca à campainha do meu humilde apartamento, um me...
Enviado por brunomi
em 20/03/2017 17:32:12
Offline
brunomi
Manhã silenciosa 2 (Capítulo I)
O Pulga, acordou-me com o seu focinho na minha cara, eram sete horas da manhã, horas de o levar à...
Enviado por brunomi
em 18/03/2017 18:30:38
Offline
brunomi
Manhã silenciosa 1 (Capítulo I)
Não sabia como sair daquela insuportável reunião, pressentia que ia ser despedido de qualquer das...
Enviado por brunomi
em 18/03/2017 01:11:31
Offline
brunomi
Melodia cinzenta
A vida foi criada em dois meros sentidos, sentidos esses que foram esquecidos e deixados para trá...
Enviado por brunomi
em 18/03/2017 00:56:01
Offline
brunomi
Manhã silenciosa
– Não acredito no que acabei de ouvir! Como podes dizer uma coisa dessas sobre o pai da tua filha...
Enviado por brunomi
em 15/03/2017 16:46:55
Offline
brunomi
Noite escaldante (Sexo)
Este texto pode ferir a susceptibilidade dos leitores mais sensíveis.
Enviado por brunomi
em 15/03/2017 00:48:34
Offline
brunomi
Poema da minha vida
Ao longo da sua vida Esteve presente e ausente Mas sempre feliz Com a Natureza vivida Em certa...
Enviado por brunomi
em 31/03/2015 19:56:19
Offline
brunomi
Flor ancestral
És a flor mais bela que pude encontrar, nela fui abençoado pelo amor verdadeiro, pela beleza de u...
Enviado por brunomi
em 04/01/2015 23:31:35
Offline
brunomi
Em ti
Em ti, Esbarrei em silêncio Na mera estrada da vida Nesta vida te encontrei Nesta vida amar-t...
Enviado por brunomi
em 22/12/2014 15:58:32
(1) 2 3 4 »