https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Explorando o território proibido do seu corpo

 
Você é para mim
A oitava maravilha do mundo
Quero explorar as curvas do seu corpo
E desvendar cada canto de tudo

Eu quero me queimar no fogo da paixão
E fazer do seus braços meu ninho
Fazer deles minha moradia e proteção
Para eu nunca mais sentir frio

Nossos corpos estão suados e elétricos
Por conta do vai e vem da penetração
E vamos gozar juntos no mesmo instante
Como um vulcão em erupção

Eu quero fazer um amor com você
Intenso, selvagem e louco
Para depois da felicidade do orgasmo
Dizermos eu te amo um para o outro

Quero proteger minha boca
Com seus lábios carnudos e quentes
E quero expermientar o gosto do seu beijo
Sentir sua língua maliciosa e ardente

E os seus peitos tem o volume
E a perfeição de uma estátua grega
Seios firmes e grandes, tetas pontudas
Obra prima da mãe natureza

E existe um tesouro escondido
Nas suas coxas grossas entre cabelos púbicos
Eu vou me aventurar nessa terra proibida
Para encontrar esse tesouro único

As vezes você conversa comigo
E eu não presto atenção em nada do que você fala
Pois estou encantado e hipnotizado
Pelo seus olhos verdes esmeralda

E eu quero pular de ponta
Na cachoeira negra dos seus cabelos
E nadar com precaução
Para não me afogar nesse imenso rio negro

E dormir e descansar
Na maciez do seu cabelo liso
E depois que eu acordar
Vou acariciar cada um do seus fios

Quero que você arrume a casa
E use uma saia bem justa e indecente
Para eu me excitar com seus movimentos de vai e vem
E gravar cada cena em minha mente

E eu quero escalar
Nas colinas macias de suas nádegas
E quando alcançar o topo
Vou acampar e montar barraca

Meu amor, você é minha tentação
Que me deixa meu libido alto
Você é minha tensão sexual constante
Quando você chega perto, fico louco, fico tarado!

Samuel
12/10/2013

 
Autor
samuelk7
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1610
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 12/10/2013 23:41  Atualizado: 12/10/2013 23:41
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9306
 Re: Explorando o território proibido do seu corpo
Boa noite Samuel, seus versos narram uma cena em que as labaredas da paixão se fazem incendiarias entre duas almas afins, parabéns pelo seu contagiante poema, um grande abraço, MJ.


CAMPANHA DE PREVENÇÃO CONTRA O CÂNCER DE MAMAS.

Você mulher que tem peito,
E também as glândulas mamárias,
Não abdique aos seus direitos,
E faça os toques diários,
Nesta prevenção do câncer,
Em outubro intensificada.

FAÇA VOCÊ TAMBÉM ADESÃO A CAMPANHA DE PREVENÇÃO AO CÂNCER,DE MAMAS, APALPE-SE ESTA ATITUDE ATESTA QUE TENS DE FATO “PEITO”.

MJ.


Enviado por Tópico
martims
Publicado: 13/10/2013 00:21  Atualizado: 13/10/2013 00:22
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6797
 Re: Explorando o território proibido do seu corpo
Um poema que enfurece o fascínio do desejo. delirios e prazeres, belooooooo

Enviado por Tópico
acalenta
Publicado: 14/10/2013 17:47  Atualizado: 14/10/2013 17:47
Colaborador
Usuário desde: 25/08/2010
Localidade:
Mensagens: 5385
 Re: Explorando o território proibido do seu corpo
Oi Samuel!!!

Uauuuuu!!! Ta que ta hei sensualíssimo,parabéns.

abraço

acalenta