https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Esperança : 

mi danno speranza

 
Open in new window


O que, às paredes, confesso.



fale-me de seu jardim
se está carregado de flores,
diga-me das cores.
discorra sobre as margaridas
(tem?)
ou sobre as rosas, minhas preferidas...
se os gerânios plantados em vasos
são azulados, purpúreos ou rosáceos
- toque suavemente nos cachos –
citando as leves texturas
relate todas as orquídeas
e suas formosuras...

se tiver jasmim -
ah, então será meu fim!
do perfume me inebrio
cantarolando muitos rios

se não tiveres jardim
poete um pra mim

não precisa ter desenho
de paisagistas, apenas
que seja simples e bem cuidado.
também não precisa demarcar canteiros
jogue sementes aleatoriamente
para que flores nasçam
desorganizadas
matizando horizonte inteiro
não esqueça das árvores em copas
densas e altas derramando
todos os verdes nas passarelas
e quando for artesar os bancos
que sejam de madeira
(pode ser de cerejeira)
a casinha pra pássaros
prefiro branca
mas se pintar de outra cor,
não importa.
quero um jardim
que chame pra perto
sabiás, beija-flores
e quantos pássaros
pretenderem ali morar.
um jardim que em noite de luar
acolha casais pra namorar.

versa um jardim assim...
dê esperança pra mim
 
Autor
MarySSantos
 
Texto
Data
Leituras
882
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
38 pontos
14
0
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/11/2013 18:33  Atualizado: 11/11/2013 18:33
 Re: mi danno speranza
*impressionas-me com a riqueza do teu lirismo.
a poesia verdeja na tua pena.
beijoka*


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/11/2013 18:39  Atualizado: 11/11/2013 18:39
 Re: mi danno speranza
é um jardim, o teu poema. um prazer ler. parabens lusos


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 11/11/2013 21:58  Atualizado: 11/11/2013 22:15
 Re: mi danno speranza
já não só extasio-me com o que tens escrito, Mary; também me embebedo, meus olhos fosforecem-se em multicoloridos neons... convida-me a semear aleatoriamente, e nem assim, seus versos chegam desorganizados ao meu olhar. mais um de uma safra incrivelmente poeticamente farta, belos, coloridos e perfumados. obrigado pela partilha...beijos e meu abraço caRIOca. (hoje aqui faz verão de cão, e eu sei que não vou resistir aos chopps...rs)


Enviado por Tópico
Srimilton
Publicado: 11/11/2013 23:36  Atualizado: 11/11/2013 23:36
Colaborador
Usuário desde: 15/02/2013
Localidade: Nenhuma
Mensagens: 1837
 Re: mi danno speranza
Sem dúvida, Mary, um belo poema!
Parabéns!

um beijo!


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 12/11/2013 02:12  Atualizado: 12/11/2013 02:12
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16193
 Re: mi danno speranza
Poetisa Mary
Perfeito! Obrigada por partilhar! Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 12/11/2013 04:56  Atualizado: 12/11/2013 04:56
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: mi danno speranza
parece uma tatuagem. na pele a palavra.
mi danno speranza. beijo sereno como teu poema


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 12/11/2013 12:32  Atualizado: 12/11/2013 12:41
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9305
 Re: mi danno speranza
VOU TE OFERTAR UM JARDIM

Meu quintal é só cimento,
Mas comi o teu apelo,
E antão com muito zelo,
Vou te ofertar um jardim,
Que é cuidado por mim,
Para que sintas o esmero,
No lidar com as tulipas,
Também os cravos vermelhos,
Permeados pelos brancos,
Amarelas rosas Dálias,
Com umas roxas pelo meio,
No centro um pé de alecrim,
Para perfumar mais o Jasmim,
Que invade o teu pensar,
E quando quiseres namorar,
Te sentas numa bancada,
Que tem seu centro ocupado,
Com os lírios dos teus sonhos,
E as borboletas medonhas,
Fazem rasantes por cima,
E ali na rua as meninas,
Com este Éden também sonham.

Bom Dia Mary, parabéns pelos seus contagiantes versos, um Grande abraço, MJ.