https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

DÁDIVA

 
Tags:  poema  
 
DÁDIVA
 
DÁDIVA
(Jairo Nunes Bezerra)


Recebi o teu recado ofertando-me amor,
Fiquei realizado por momentos...
O tempo logo mudou acrescido de calor,
E mais se refletiu o teu isolamento!

Não aprendi a viver sem o teu corpo,
O meu deseja sempre a tua aproximação...
A tua ausência causa-me sufoco,
Daí a minha atual sufocação!

Vens, mas venhas com velocidade,
Meu coração com excentricidade,
Precisa da aproximação do teu!

E a necessidade sexual é predominante,
Reina neste instante,
Amparada pelo sol que já se escondeu!

 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
795
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.