https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Solos de mistério

 
Diante o que foi dito,
Foi uma explosão,
Cristal quebrado atirado ao chão...

Quem sou eu?
sou nada diante as estrelas
nessa noite negra,
com o brilho cético da lua,

Quem sou ao me refletir
No espelho e já não estou
a reconhecer-me mais,

Reflexos de instantes tão sórdidos,
A estes já não existem,

Onde estou?
Quando eu ando incansavelmente
Sem direção,
E já não me encontro,

Solos de mistério,
Que marcham em torno da vida,
Que vem por horas medíocre,
E a minutos atrás tão hipócrita!

Paz? Palavra bonita!



Beatriz Trevisani

 
Autor
BeatrizTrevisani
 
Texto
Data
Leituras
770
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
9
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 23/03/2014 00:43  Atualizado: 23/03/2014 00:43
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6595
 Re: Solos de mistério
Parabéns,Beatriz,
Às vezes também me pergunto.

"Onde estou?
Quando eu ando incansavelmente
Sem direção,
E já não me encontro,"

Beijos,

Mary Jun


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 23/03/2014 00:52  Atualizado: 23/03/2014 00:52
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15172
 Re: Solos de mistério
Bonito foi o poema. Lido e aplaudido. Gostei da explosão do cristal atirado no chão. Legal! valeuu!


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 23/03/2014 03:45  Atualizado: 23/03/2014 03:45
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9306
 Re: Solos de mistério
Boa noite Bia, quando os conflitos suplantam a nossa capacidade resolutiva, nos fazemos inviáveis,e presamos ser reinventados, parabéns pelo contundente poema um forte abraço, MJ.


Enviado por Tópico
quidam
Publicado: 23/03/2014 18:46  Atualizado: 23/03/2014 19:03
Colaborador
Usuário desde: 29/12/2006
Localidade: PORTIMÃO
Mensagens: 1438
 Re: Solos de mistério
por onde andei onde estive quando a li? mil sentimentos eu senti!... só sei que ao acabar senti paz e queria continuar a sentir mais…


Enviado por Tópico
RayNascimento
Publicado: 25/03/2014 12:59  Atualizado: 25/03/2014 13:04
Membro de honra
Usuário desde: 13/03/2012
Localidade: Monte Roraima - Brasil
Mensagens: 6404
 Re: Solos de mistério
Muitas vezes
as faces obscuras do ser
Nos faz arremessar-nos
contra o rochedo
Buscando forças
Para sobreviver
do que nos restou
Assim, foi
a minha noite negra d'alma
Juntando os pedaços do meu ser
Que me faz renascer cada amanhecer.
Então amiga...
"Levanta, sacode a poeira
E dá a volta por cima"
Somente tem que aprender
A pisar nos SOLOS DE MISTÉRIO,
E também aprender a pronunciar
A PALAVRA MAIS BONITA-PAZ
Menina linda e guerreira
Afinal, Ray Nascimento
É exemplo vivo de muita coisa.
Bjus de saudades.
Eu.

Open in new window