https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

NAS LINHAS DO CORAÇÃO

 
Tags:  amor    vida    EDSPERANÇA  
 


Que seria de mim, se não existisse o amor?
Eu não estaria aqui neste mundo cheio de cor.
Onde estaria então? Como o poderei saber?
Ninguém me daria a mão para a minha vida erguer.

Como é bom admirar o lírio e sentir o jasmim.
Ver as belas mariposas que voam no meu jardim.
Sentir o perfume da vida, mesmo que ele seja acre.
Levar a vida colorida a passear num fiacre.

Pelas ruas do meu País ou pela terra inteira.
Pisar terrenos hostis e fazer amor na eira.
Ver as andorinhas se posarem no vão da tua janela
Trazendo paz ao teu lar e sabes quanto gosto dela.

Ver as ruas iluminadas com a luz do Luar.
Todas elas decoradas para o amor albergar.
Ver a Lua e as estrelas que nos fazem sonhar,
Qual delas a mais bela e por elas se apaixonar.

Como me apaixonei por ti ao na tua rua passar,
Todo de amor me vesti, para o teu amor guardar.
Agradecemos à vida de nos dar tal paixão,
A nossa sina foi lida nas linhas do coração.

A. da fonseca


SOU COMO SOU E NÃO COMO OS OUTROS QUEIRAM QUE EU SEJA

Sociedade Portuguesa de Autores a Lisboa
AUTOR Nº 16430
http://sacavempoesia.blogspot.com em português
http://monplaisiramoi.eklablog.com. contos para as crianças de 3 à 103 ans
http://a...

 
Autor
Alberto da fonseca
 
Texto
Data
Leituras
555
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.