https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

"tecidos fálicos"

 
crepúsculo
fecundo
amanhecendo
os tecidos fálicos

esconde-se
nas trevas corporais
o mais lascivo propago
entre gotas melífluas
e ácidos imaculados
o fulgor da carne
intensifica o perfume da flor..


ana silvestre

 
Autor
annay
Autor
 
Texto
Data
Leituras
502
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Keithrichards
Publicado: 09/05/2014 19:01  Atualizado: 09/05/2014 19:01
Colaborador
Usuário desde: 17/03/2014
Localidade:
Mensagens: 2494
 Re: "tecidos fálicos"
Legal amiga, eu gosto de poesias nesse estilo,ficou bom,parabéns!


Enviado por Tópico
martims
Publicado: 09/05/2014 22:24  Atualizado: 09/05/2014 22:24
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6796
 Re: "tecidos fálicos"
O fulgor da carne intensifica os anseios dos desejos, lindo poema