https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Pequeno poema diferente de mim

 
Tenho saudades de amar,
de gostar com fome de estar,
de fazer um filho e dançar,
de ouvir um sim só por beijar.

Tenho saudades das coisas,
dos botões abertos das rosas,
das juras verdes e viçosas,
dos poemas frescos das prosas.

Tenho saudades de ti,
daquele sexo que senti,
antes de cair por aqui
como morto vestido de caqui.

Tenho saudades de escrever,
de pegar num livro e ler,
de sossegar o inevitável querer
que os versos se possam dizer.


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
832
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
37 pontos
3
5
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/10/2014 02:21  Atualizado: 12/10/2014 02:21
 Re: Pequeno poema diferente de mim
acontece as vezes da gente se pegar nesse quase nada, se agarrando em um querer q se sabe n sabendo e nada se fz a n ser ficar no querer sabendo do que e fingindo n saber, a impressão q dá éque a ampulheta parou de escorrer areia,os relógios do mundo n criam mais tempo. bacana sua poesia,me deu o q pensar.valeu

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/05/2016 18:14  Atualizado: 10/05/2016 18:14
 Re: Pequeno poema diferente de mim
Saudades de tudo mais,
São coisas que invento,
Quando penso no que
Não esqueço, sem que
Saiba, do outro lado da linha

Da metade de mim, se
Saudade sente ou partiu
Sem dizer nada mais que adeus,
Saudade se sente, eu sinto
Que ouço, vindo nem de-

-Perto, nem de-longe,
No que penso por dentro,
Ser a saudade sem ir embora,
Como se fosse um abraço
Do monge do sol-pôr,

Saudade sem a ter, verdade
Mais longe que perto,
Como tudo o mais saudável,
Que inventei eu, que seria
Da tua ida embora,

Sem dizer nada mais?
Água vai, apenas saudades,
Em tudo iguais, normais,
Que invento da linha mora
Ao pavio, da sereia ao rio,

Pescadores sem fio,
Saudade de tudo, eu mais
Da paciência, da espera,
Da urgência, da falta, da pressa,
Da esperança…

Joel Matos (02/2015)
HTTP://joel-matos.blogspot.com

Enviado por Tópico
erro
Publicado: 15/06/2017 19:12  Atualizado: 15/06/2017 19:12
Colaborador
Usuário desde: 04/03/2016
Localidade:
Mensagens: 844
 Re: Pequeno poema diferente de mim