https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 46 »
Offline
Valdevinoxis
A minha ameaça
Uh! AH! Semper Fi! Sou o mais mau de todos. Vou do Sinai à terra do cacau sempre a entregar a min...
Enviado por Valdevinoxis
em 24/01/2024 12:33:57
Offline
Valdevinoxis
Ponto final
Demasiado novo para morrer velho diz o feliz para o infeliz. Demasiado velho para morrer novo av...
Enviado por Valdevinoxis
em 23/01/2024 16:46:24
Offline
Valdevinoxis
É fácil escrever sobre a dor
Se a dor não fosse tema Não haveria poema Que não a tornasse extrema. Cortam-se os pulsos, Provo...
Enviado por Valdevinoxis
em 22/11/2023 13:57:34
Offline
Valdevinoxis
A puta
Pouco astuta, a truta dá-se ao anzol e senta a cauda aberta na testa de um asceta qualquer que br...
Enviado por Valdevinoxis
em 09/11/2023 13:34:40
Offline
Valdevinoxis
oração à vida
a reza não estorva nem é liça nova feita para secar a cova de crimes sem prova reza-se por chuva...
Enviado por Valdevinoxis
em 28/10/2023 11:03:01
Offline
Valdevinoxis
Coisas desta revolta que vai cá dentro
as costas aleijadas dos lambe-botas, curvadas, recurvadas até às nádegas já não impressionam alfa...
Enviado por Valdevinoxis
em 25/10/2023 11:39:56
Offline
Valdevinoxis
Sou dono da verdade ou estou enganado?
Aparentemente as coisas são o que são. Na realidade é engano e não é bem assim: Isto não é aqui...
Enviado por Valdevinoxis
em 23/10/2023 11:49:19
Offline
Valdevinoxis
da observação
as flores de dezembro são talhadas no zimbro em tons da cor que quiser em tons das cores que ler ...
Enviado por Valdevinoxis
em 18/10/2023 10:54:20
Offline
Valdevinoxis
do vento
trouxe o que conseguiu de muitos lados, de todos os lados carregou cheiro que viu em todos os est...
Enviado por Valdevinoxis
em 30/08/2023 13:25:29
Offline
Valdevinoxis
e se lhe saísse da doidice?
houvera ovelha que parisse e não balisse haveria papalvice com cara de maluquice e não fora a ala...
Enviado por Valdevinoxis
em 23/08/2023 11:36:10
Offline
Valdevinoxis
das minhas lágrimas
as minhas lágrimas estão-se a tornar um mar liquidas, salgadas, cheias as minhas lágrimas estão-s...
Enviado por Valdevinoxis
em 17/08/2023 14:05:06
Offline
Valdevinoxis
Bendita geometria
Tens seios cónicos, revelas o ventre triangular e andas com pernas cilíndricas. Abres a boca e ve...
Enviado por Valdevinoxis
em 16/08/2023 08:51:40
Offline
Valdevinoxis
Sedentarismo
O casaco de malha que revestia as costas da cadeira. Antes aconchegava as de gente verdadeira e a...
Enviado por Valdevinoxis
em 14/08/2023 13:31:29
Offline
Valdevinoxis
Só uma paisagem
Via-se um palhota que não era mais do que uma casota toda torta posta na beira da praia vestida c...
Enviado por Valdevinoxis
em 11/08/2023 10:09:14
Offline
Valdevinoxis
Ensino-te
Já te tinha dito que a solidão é uma arma que tem o cão preste a morder? Sabias, porventura, que...
Enviado por Valdevinoxis
em 10/08/2023 16:52:27
Offline
Valdevinoxis
O sossego
escreveu o Silveira em https://www.luso-poemas.net/modules/ne ... ticle.php?storyid=368262: &quo...
Enviado por Valdevinoxis
em 25/07/2023 14:34:44
Offline
Valdevinoxis
fossilizado
acho que ontem à noite andaste, em círculos, à minha volta numa fechada procura sem sorte. nada d...
Enviado por Valdevinoxis
em 21/07/2023 11:18:17
Offline
Valdevinoxis
A escrita também morre quando a matam
Noutras vontades, Teimosas, teimosas, Noutras verdades Tão puras e rosas, Caíram de fealdade As r...
Enviado por Valdevinoxis
em 10/01/2023 22:11:55
Offline
Valdevinoxis
o ministro
o lambão espetou uma verdascada na lambujinha, com a língua ávida de molho (o bichinho, já recozi...
Enviado por Valdevinoxis
em 29/11/2022 16:32:09
Offline
Valdevinoxis
Diz-se da vida que
Ao remoer a doce letargia Na procura por relevos sentidos, Naturais de leitura esguia, Assomam-se...
Enviado por Valdevinoxis
em 23/11/2022 11:12:41
(1) 2 3 4 ... 46 »