https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Poesia de Bolso

 
Poesia de Bolso
 
É tarde,
Os poetas devem saber bem como é.
Enquanto a noite calmamente passa a água ferve.
Bem, você sabe, para fazer um café.

De bolso, sim!
É o que me move a caneta, é essa mesmo a ideia
Para que as pessoas a leve como a anarquia as levam.
Um lugar para uma simples inquietada epopeia.

Esperançosa,
Desejando preenche-los como os vazios do papel
Ornando-se, tomando sua voz entre o silêncio da noite
A fazer-lhes entoá-los a vida como um menestrel.

Pronta!
Insiste, agora, o mais precioso dessas pessoas corriqueiras
Mas não, engana-se em procurá-lo lá em seu coração
Quando, para eles, está ali no mesmo bolso, dentro de suas carteiras.

 
Autor
LucasWillian
 
Texto
Data
Leituras
466
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/06/2014 12:34  Atualizado: 23/06/2014 12:34
 Re: Poesia de Bolso
A poesia preenche uma lacuna nos faz bem sempre carrego uma no bolso.

Abraços