https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Vou e não Volto

 
Vou
e não volto,
ou secalhar até volto,
mas não há mar
nessa terra!,
cais sem amarras
para o meu barco.

O coração é fraco,
numa dor que perdura
fura minha cabeça
é como doença.

Tenho saudade,
amargura
e felicidade
dentro de mim.

Voltar?
talvez um dia me esqueça de ti,
apagar-te com um sorriso,
senão perder o juizo
e voltar para ti,
se for louco volto
mas não te toco,
que o teu toque faz-me mal
é veneno,
mata e faz ferida.

É fatal
nosso destino,
a vida fez o pino
e deu voltas,
e vai na volta
ainda me queres,
mas não esperes
que eu volte para ti.

Já te esqueci
ou pelo menos tentei,
menti e errei?
sim!,
mas por gostar de ti,
não esperes
e voa
que novas
não vais ter mais de mim,
segue caminho
que eu vou ser feliz assim.



Nascimento

 
Autor
T.Nascimento
 
Texto
Data
Leituras
425
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.