https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Oh Maria Parte II - O FIM

 
Tags:  amor    vida    barreira    auguro    realmente  
 
Parece que achas que eu para ti não tenho estofo;
Pois quando oiço esta kizomba
"... ele é mais homem do que tu,tu não passas de uma menino.."
Sinto uma barreira invisivel entre nós...
Como quando penso em ti vejo um negro matulão,
Como algo que me avisa:do que tu queres e eu não sou;
Apesar de te dizer que sou confiante;
Que sou seguro;
Talvez tu também não sejas o que eu realmente auguro...
Pois quando falo contigo , o telémovel fica sem bateria..
Como não estivéssemos na mesma onda...
Então o melhor é cada um seguir a sua vida..
Talvez entre nós só haja uma simples atraçao fisica...

SEMEANO


21 DE MARÇO 2016 - Participei na Coletanea de Poesia da EDIÇOES VIEIRA DA SILVA ,intitulada "ECOS DE APOLO"

 
Autor
SEMEANO
Autor
 
Texto
Data
Leituras
583
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
4
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 07/08/2014 19:54  Atualizado: 07/08/2014 19:54
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6595
 Re: Oh Maria Parte II - O FIM
Olá poeta,

Que pena
que terminou
desta forma.

Parabéns bela
construção!

Abraços,

Mary Jun

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 07/08/2014 20:06  Atualizado: 07/08/2014 20:06
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9306
 Re: Oh Maria Parte II - O FIM
Boa tarde Semenao, seus versos enredam uma cena onde os desejam não convergem, e por conseguinte o amor não dar a devida liga, e neste caso a melhor opção é mesmo a desistência, segue cada um o seu caminho, buscando outras possibilidades afetivas, parabéns pelo contundente poema, um forte abraço, MJ.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/08/2014 20:34  Atualizado: 07/08/2014 20:34
 Re: Oh Maria Parte II - O FIM
As vezes os sentiementos se perdem nos caminhos onde a desconfiança é a verdadsira genética que realmente se mostra no silêncio do aconrtecer, onde um vazio ficou.

Enviado por Tópico
saraabreu
Publicado: 07/08/2014 22:51  Atualizado: 07/08/2014 22:51
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2014
Localidade:
Mensagens: 2423
 Re: Oh Maria Parte II - O FIM
Uma conversa fantástica Semeano, como um monologo...e a poesia tem essa capacidade.
bj