https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

DUAS VERDADES

 
Era uma noite a mais
E eu ia querendo ficar
Parada na beira do cais
Escrava do mesmo lugar

Quis desfazer as amarras
E nada restava a amarrar
Liberta das suas garras
Mas presa neste lugar

Nem medo de tempestade
Nem sonhos de encontrar
Do outro lado a verdade
Perdida neste lugar

Seus olhos velejam distantes
Traçando no meu horizonte
Um arco pra nunca chegar

Leva a ilusão e se esconde
Mentindo fingindo ser longe
Parada no mesmo lugar


Uma vida, outra ida e na brisa lenta o vento tenta, venta, inventa...eterna partida.

 
Autor
augustocola
 
Texto
Data
Leituras
1039
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
2
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/10/2014 04:21  Atualizado: 10/10/2014 04:21
 Re: DUAS VERDADES
achei bem bacana sua poesia, mas confesso que me senti confusa entre a harmonia do titulo com o texto,mas como aprendi q poesia é pra ser sentida então fica o ok,gostei do ritmo e seu esmero na construção.

Open in new window