https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Eu estou por aí...

 
Tags:  poema    poesia    reflexão    dia    criança    comida  
 
Estou por aí, a espera de um doce...

Me dê um doce de vida, que eu te dou o sol que brilha, que brilha no meu peito, aguardando acolhida.

Somente a comida é que enche a barriga.

Não a comida que eu faço, essa é pra não morrer de tédio, durante o caminho que faço.

Quero comida feita por mãos de Alice, Branca de Neve ou Bela Adormecida.

Porque na caminhada, não encontrarei com o Homem de lata, nem Anões, nem mesmo uma Bruxa pra me furar com uma agulha.

Sei que parece delírio tudo isso.

Tem momentos que parece que flutuo em minha própria mente.

Mas mente de criança, não tem delírios...

Tem dias de vida, sem se misturar com a desgraça de caminhos entrelaçados de vícios obscuros, que de dia, tem rotina pousada na sequência que desagrada a alma bandida...

E de noite, tem pausa, que sem querer, mas desejando o infame, se solta em uma roleta russa sem nome, pra poder da conta de sua fome.

Acho que fome de crescer, entender, de ter sem se arrepender...
Mas é que voltar a ser criança enquanto passo pela vida sem saber a andar por onde...

Ajuda a estar por aí, sem me acusar de não mais está engajado em ser apenas o que a vida me trouxe até aqui...

Se não o peso é grande...

E não suportarei a mudança de sair de uma vida de esperança, pra fazer o mundo girar ao redor de mim.

Mas principalmente ser criança na inocência da estrada que mora dentro de si, e não nos caminho que vejo em minha frente, e que decido escolher, mesmo que me leve a sofrer.

Mas assim mesmo estarei por aí...

As vezes ao vento...

Sem me arrepender de sair da casa que morei quando criança, e que me traz tantas lembranças, de quando não tinha nome de gente, apenas um apelido que dançava conforme a música e o tempo...

Mas que não imaginava que em um simples dia, um belo nome eu seria, cheio de mistérios, e que se misturou em um mundo de cheio de velhos...

Só que seria bom se fosse os idosos, mas só os que trouxeram sabedoria em suas costas surradas...

Só que não são os idosos não, é um povo egoísta em sua jornada, caminhada...

Que estão por aí...

Sofrendo e fazendo o outro sofrer!

Simples assim.

Antonio de J. Flores

Uma reflexão com uma pequena homenagem ao ser criança!
 
Autor
AJFlores
Autor
 
Texto
Data
Leituras
953
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
21 pontos
7
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/10/2014 23:17  Atualizado: 12/10/2014 23:17
 Re: Eu estou por aí...
O mundo é cruel, aliás as pessoas são cruéis, o sistema e a realidade.Há muitas crianças sofredoras por conta da imaturidade dos adultos, crianças que trazem nos olhos as marcas de uma vida cheia de tristeza, perdem tão cedo a infância,perdem tão cedo a inocência, são vítimas de uma sociedade que mascara o riso, que transforma o conto de fadas num real pesadelo, onde nem sempre têm a quem recorrer, há 16 anos trabalho com cças e já vi e presenciei muitas histórias tristes, olhos pro nada, esperança arrancada pelas mãos de incrédulos pais ( se é que se pode chamar de pais) pessoas desestruturadas que só fazem filhos e os abandonam a margem de uma vida que nem sempre lhes sorri,e é triste, muito, muito triste! Acho que me empolguei, poema todo sentido, disse tudo. Um abraço carinhoso


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 12/10/2014 23:23  Atualizado: 12/10/2014 23:23
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Eu estou por aí...
Esse novo mundo (pessoas) abisma tudo. Obrigada. Bjs


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/10/2014 02:39  Atualizado: 13/10/2014 02:39
 Re: Eu estou por aí...
oi Antonio boa noite, infelizmente é praticamente impossível a gente n entristecer, com as cenas vistas todos os dias e n precisa ir muito longe ao redor pela vizinhança sempre dou de cara com absurdos e o pior é q a própria leia q era pra proteger de certo modo vira as costas,vi isso semana passada e sinceramente até hoje ainda n acredito no q vi.ainda bem q o ser humana tem o poder da superação e um lugar secreto,onde maldade nenhuma pode lá chegar, hiper valiosa intervenção essa sua,disponibiliza muito o q pensar. valeu, desejo a vc e sua família uma boa semana.


Enviado por Tópico
UMA MULHER UM POEMA
Publicado: 20/10/2014 03:31  Atualizado: 20/10/2014 03:31
Colaborador
Usuário desde: 26/04/2006
Localidade: São Paulo/SP
Mensagens: 2922
 Re: Eu estou por aí...
Olá Antonio!

Maravilhosa criação poética!

Parabéns e um forte abraço!