https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Que se foi nunca foi meu..

 
Open in new window



Que se foi nunca foi meu..

E ai se foi o meu amor
Ainda não sei se voltará.
Agora estou numa desesperada
E meu amor sumiu de vez

Era sempre a mesma historia
E sabia que me fazia sofrer.
E dei de mim mais que podia
Agora sou sem destino e sofrida

Bem querida eu me sentia
Mais estava sendo enganada.
E a tristeza que me consumia
Bateu de novo estou depressiva

O destino não me responde.
Prefiro dizer foi um acaso da vez
Só que estou sofrendo amargurada
Sentindo-me por demais rejeitada

Por que me faz sofrer sem reposta
E eu fiz o que podia e assim não valoriza
Prefiro sair enquanto sinto que estou viva
Só que por dentro estou destroçada.

Luandabela Santos

 
Autor
Luandabela
 
Texto
Data
Leituras
1008
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
6
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/12/2014 09:14  Atualizado: 06/12/2014 09:14
 Re: Que se foi nunca foi meu..
Gostei desse texto

Abraços - Pedro


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/12/2014 13:06  Atualizado: 06/12/2014 13:06
 Re: Que se foi nunca foi meu..
A imagem se complenta muito bem ao texto...há raiva, há decepção mas há espera. A piscada de olho diz tudo...não ouça o que digo, ainda estou aqui....quem procura valorização externa está fadado ao sofrimento enquanto não encontrar a valorização que vem de dentro...Não espere a resposta do destino enquanto não ouvir a sua própria...um bonito texto. Parabéns. Abraço. PS: Ninguém nunca será de alguém...


Enviado por Tópico
clarasol
Publicado: 08/12/2014 11:57  Atualizado: 08/12/2014 11:58
Novo Membro
Usuário desde: 21/11/2014
Localidade:
Mensagens: 3
 Re: Que se foi nunca foi meu..
Olá Luandabela.
Realmente o que você deixa falada ao descrever em suas palavras, passa uma dúvida de que não é de um amor que relata neste poema e sim uma raiva ou uma mágoa de uma pessoa que você parece desprezar. E foi isso que notei nestas sua palavras e senti isso profundamente.
Deixo um abraço.
ClaraSol