https://www.poetris.com/
 
Frases e Pensamentos : 

Nova Iorque (Obrigada Namastibet) :)

 
 
Hoje fui um bocadinho de tudo. Fiz o que queria fazer, o que o meu coração queria que fizesse. Libertei-me dos medos, e caminhei com todo o positivismo e força para fazer o que quero. Fazer e ser quem quero ser.
Dancei, cantei, ri tanto quanto podia, conheci estranhos que nunca mais vou voltar a ver na minha vida, mas que naquela altura... Naquela altura fez todo o sentido estar com eles. Era tão certo e verdadeiro o motivo para estarmos todos juntos. A alegria, a magia daquela cidade que nunca dorme. Estas pessoas... trouxeram tanto num curto espaço de tempo.
Conheci tantos recantos desta cidade que nunca tinha passado ou reparado, e, descobri o quanto ainda tenho para ver. Atrevi-me a ir em diferentes direcções em diferentes ruas, sair da rotina á qual estava habituada e acabei por ser tão surpreendida de forma positiva que a minha vontade era não voltar para casa, e caminhar por tempo indefinido até os pés doerem até já não aguentar mais.
Apanhei autocarros, falei com tantas pessoas de tantos sítios diferentes, por instantes, breves instantes em que o meu coração se enchia de alegria enquanto cantávamos juntos New York New York de Frank Sinatra.
O calor, o vento a tocar-me na face, fez-me sorrir, onde quer que vamos, e onde quer que estejamos, se o nosso coração também lá está, o sol é diferente, o ar é diferente, e o que para muitos é comum, para nós é um sonho. Aproveitei cada segundo, daquele lugar. E, sinceramente não queria que este dia acabasse. Cada momento que passo aqui, só faz com que se confirme aquilo que dentro de mim sabia, mesmo sem o saber. Sou parte deste sitio, é aqui que pertenço, e já cá pertencia muito antes de cá ter chegado.
Sinto-me preenchida com tudo aquilo que esta cidade tem, com a sua cultura, com a forma como vivem, como reagem, como tratam as outras pessoas, e como sorriem, como transmitem essa alegria para os outros. Como a própria cidade em si, tem um carga mágica tão grande, tão pura e tão verdadeira, que vai muito para além daquilo que as pessoas possam imaginar. E tudo isso, faz-me sentir confiante de coração em cada passo que dou.
Na cidade onde tudo pode acontecer, hoje fui a rapariga sortuda que teve uma viagem de oferta num autocarro de viagens turísticas. Percorri a cidade, sem ter que pagar, e não me canso de fazer esta viagem vezes e vezes sem conta. Porque cada lugar, respiro um pouco de mim, daquilo em que acredito. E vivo, no verdadeiro sentido da palavra.
Olhei para as pessoas por quem passava, dançavam, representavam, os verdadeiros e puros Nova Iorquinos que fazem parte do mundo, e que tenho a certeza que se parasse para conversar, passaria horas a saber as suas histórias e das histórias que esta cidade encerra.
Descobri que os polícias de Nova Iorque são pessoas simpáticas, prestáveis, divertidos, com muito bom humor e sempre prontos a ajudar.
Hoje parei a olhar para todas as culturas que me rodeiam e a tentar descobrir quem é quem e de onde são. Chega a um ponto, que já se distingue Nova Iorquinos do resto das pessoas, Destacam-se pela pressa, pelo estilo de vestir simples e prático, ou então pelos ténis que calçam enquanto correm engravatados em direcção ao metro. Passam por entre os carros, mesmo quando o sinal está vermelho para peões. Não há caminho que não saibam, e se for preciso, sabem dizer todos os autocarros, e caminhos a pé que se pode apanhar para chegar onde queremos.
Hoje olhei nos olhos de toda a gente e sorri, não houve uma única vez que não tivesse um sorriso de volta. Apesar de ser uma cidade que nunca dorme, o facto é que ao contrario do que se possa pensar, é uma cidade que enche o coração de quem por lá passa de uma forma indescritível. Sei que nunca encontrarei nada como esta cidade. È única por si mesma e pelo que representa para mim. Aqui, sinto que nunca estou sozinha mesmo que o esteja.
Hoje passei a imponente ponte de Brooklyn de autocarro, recostei-me para trás enquanto via as luzes da cidade a começarem a acender por todo o lado, e diante de mim um por do sol maravilhoso. Foi mais que magia, foi um momento intenso. Vi a nova Freedom Tower, e a estátua da liberdade, símbolo tão grande quanto aquele em que acredito a Liberdade.
Hoje fui criança mais uma vez. Estava no centro de Manhattan, e o Duende Verde dos desenhos animados Homem Aranha decidiu atacar Manhattan. Mas como sempre, o Homem Aranha aparece para salvar o dia. Ali estive, sentada numa cadeira de uma das salas da Brodway a ver o meu herói favorito içar-se pelo ar, por cima das nossas cabeças, a lutar contra o mal, enquanto os espectadores olhavam embevecidos para a cena que tínhamos diante de nós.
Hoje senti-me em casa. Senti-me como nunca me tinha sentido em lugar algum. Esta é a casa que escolhi, aquilo que quero para mim, e aquilo em que acredito. Ès tu minha cidade.
Ai estarei novamente em breve... E desta vez... Para ficar.

 
Autor
MelissaOwenAlways
 
Texto
Data
Leituras
731
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
25 pontos
13
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 04/01/2015 22:58  Atualizado: 04/01/2015 22:58
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Nova Iorque (Obrigada Namastibet) :)
Mas eis que senti por aqui, na leitura desse belo e feliz texto, o ar da liberdade! Sim, Melissa, foi a impressão que tive, a medida em que fui lendo e percorrendo consigo, cada lance dessa tua viagem. A liberdade de ir e vir, e ser quem és mesmo. Te felicito pelo texto impecável, e por te sentires assim, tão feliz.

Boa nova semana pra nós.

Beijinhos da amiga


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/01/2015 23:52  Atualizado: 04/01/2015 23:52
 Re: Nova Iorque (Obrigada Namastibet) :)
... são assim os objetivos e as linhas que traçamos
assentes em sonhos
dando passos de cada vez
transformando-se Realidade

continue
sei que conseguirá

até 3ª...

bjs e Sorrisos para si




Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/01/2015 00:09  Atualizado: 05/01/2015 00:09
 Re: Nova Iorque (Obrigada Namastibet) :)
Se por tempo pouco voltasse a ser novo
queria ter no rosto o fundo da alma posto
oposto sempre eu vivi e morro
sem ver no espelho o que sinto ou senti

Se por breve voltasse a ser novo
seria o que sempre sonhei ter, tempo...
pra sonhar o sonho de voltar a ser
jovem com as barbas russas de velho

Ermita rugoso e sábio por dentro
e no coração um olhar de moço virgem
surpreendido por todas as fases
que a vida dele tem e do gozo na lisa pele

Aposta na face como um troféu
resgatado de Atenas ou Hollywood
se por breve voltasse a ser moço
jamais quereria ter na braguilha

As ideias poucas que por estes dias
têm os nascidos velhos por dentro
todavia novos por pouco como carcaças,
remotas maquinas de olhar distante

E pouco de miolo sob a fina côdea
se por tempo pouco voltasse a ser novo
não quereria definitivamente ser carcaça
seca mas sim pão daquele que se come velho

Mesmo com bolor por dentro como o queijo
se por pouco voltasse a ser novo
voltaria o rosto pro sol posto, lá seria
o meu novo lar e esqueceria o outro

Onde cresci suposto filosofo sem eira
nem beira, poeta hipócrita, o que sobrou
de mim fica onde ficam todos no fim
onde sempre vivi e onde morro

Se por tempo pouco voltasse a ser novo...





Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/01/2015 08:54  Atualizado: 23/01/2015 22:42
 Re: Nova Iorque (Obrigada Namastibet) :)
.