https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

...Lê este capitulo...

 

Escondo-me nos meus sonhos
só eu sei o meu nome,
só eu sei a força que pulsa em mim...
...sou monte calmo em tempos de tempestade...
...vulcão quando o mundo não espera...
e se apareço é para partir regras,
é para quebrar insignías,
lançar mastros com mandamentos ao vento,
fazer sentir...que vale a pena sentir.
Já fui e não sou...
e serei quando o tiver de ser...
porque as asas recolhidas...
essas têm vontade de voar...
e no palco da vida...
fui feito para criar, amar, sonhar...
SER.
Seja o que quer que isso seja...
nos livros, na Bíblia ou no Satanismo...
Nasci para viver...
não me queiram matar...
não me queiram tentar...
que aclamarei a uma só voz...
só eu sei o meu nome,
só eu sei a força que pulsa em mim...
Irei destronar os infiéis...
Irei destronar os desgastos...
E serei o primeiro a aclamar o nome dos anjos...
Irei vencer, irei nascer, renascer...
até ter a certeza... que O estou a viver.
que estou A ser.
...Mago, Mágico, Sonhador...
...Vingador, Deus das Quimeras...
Que te irei levar a ti, a mim, a vós...
E no auge do abismo...
Irei arrancar a dor...
devolver o ardor...
do sonho quimera...
na quimera de um sonho ainda não vivido,
não sentido, não amado...
a espera...
só que o seu capítulo...
seja LIDO.


Alexander the Poet

 
Autor
Domitor
Autor
 
Texto
Data
Leituras
936
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.