Poemas : 

Desassossego Mental

 
Desassossego Mental

O desarticular de um ínfimo caos
alojado nas letras duma alvacenta poesia
dissolvida nas pálpebras do pensamento.
Golpes envenenados de realidade
ferem o perfume da alma: fragrância de vida.
Surge uma feliz tempestade a procurar por mim
desliza pelas arestas do meu apetecível silêncio
almeja ser tocado por um corpo
quer farejar a matéria perdoada desta carne.
Metáforas perfuradas pela voz das horas
ao som deste desassossego mental
ouço o teu sorriso a aproximar-se
chega nas asas de um colossal sentimento
que se dispersa numa neblina condensada
agora plantada no chão que caminho.

Índio

 
Autor
Índio
Autor
 
Texto
Data
Leituras
760
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
33 pontos
1
4
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/04/2015 19:20  Atualizado: 07/04/2015 19:20
 Re: Desassossego Mental
Gostei poeta!

Parabéns!

Anggela