https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Meramente Incompleto

 
Desculpe-me ser indiscreto
pois pelo amor, que é teu, eu decreto
por ti, tenho muito apreço e, afecto
te ver longe, detesto
por seres meu belo, meu espanto
tenho o amor teu no abstrato
e a ti no concreto
sem ti, nada sinto
é como um aperto de cinto
que escangalha a minh'alma de sofrimento
as vezes, à noite, do sono desperto
tacteo, e, vejo que ao meu lado não estás por perto
dormir, sonhar nos teus macios braços e sentir o teu peito
é o defeito predilecto
diante de ti, o balbuciar é o idioma do meu dialeto sem ti
nada senti
Sou um mero ser incompleto


Egnancio Mboene

 
Autor
Egnancio
Autor
 
Texto
Data
Leituras
376
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.