https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

A UM FILHO INGRATO

 
Tags:  ingratidão  
 
A UM FILHO INGRATO

Por que maltratas tanto essa senhora?
Com ela não seja assim ingrato.
Não vês o quanto ela te adora
E prepara para ti o melhor prato.

Porém, és estupido e insensato
E faz ela sofrer a toda hora.
E ela, de tristeza tanto chora,
Mas continua amando-te isto é fato.

Eu não sei por que ages deste jeito,
E nem porque tens amargor no peito;
Deixando-a cada vez mais ressentida

Aprenda a dar a ela mais valor,
Pois além de ela dar-te puro amor:
Também te fez nascer, te deu a vida!

Roberto Jun



Roberto Jun

Direitos autorais reservados.
 
Autor
Robertojun
 
Texto
Data
Leituras
604
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 11/05/2015 01:19  Atualizado: 11/05/2015 01:19
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6553
 Re: A UM FILHO INGRATO
Olá amor.

Parabéns,
um texto
belíssimo
retratando
a realidade
de muitas
mães.

Beijos,
Mary Jun

Open in new window

Enviado por Tópico
UMA MULHER UM POEMA
Publicado: 21/05/2015 19:37  Atualizado: 21/05/2015 19:37
Colaborador
Usuário desde: 26/04/2006
Localidade: São Paulo/SP
Mensagens: 2922
 Re: A UM FILHO INGRATO
Boa tarde, amigo Roberto Jun!

Uma triste realidade! Um filho jamais deve maltratar a mãe, deve sim dar muito amor e carinho!

Parabéns pelo pertinente soneto!

Abraço com meu carinho!