https://www.poetris.com/
 
Duetos : 

Ilha do Amor, com Paulo Afonso Ramos

 
Tags:  amor    carta    dueto  
 
Escrevo-te! Para que saibas o que nunca tive a coragem de dizer, olhos nos olhos, pela simplicidade de não aceitar o teu olhar, fosse ele qual fosse...
Sim! É o medo que me norteia! Estou amparada na pessoa que não age para não ferir ou que se deixa ir ao sabor do vento mesmo que, por isso, me obrigue qualquer consequência.
Não sei se alguma vez irás ler estas linhas em que me deleito como que numa cena de amor, e é no teu peito que imagino a frase erudita que busco na minha cabeça, estremecida, mas que ainda consegue fabricar alguns tímidos desejos... Quero-te!
Nem imaginas o que penso escrever enquanto percorro o teu árduo corpo, sim árduo, porque o imagino entre a resistência e a loucura... a um passo, apenas, de ser só meu.
Oh! Loucura. É como me chamo, é como me sinto, quando quero gritar-te... Eu Amo-te! Oh, mágica imaginação que transforma essa sensação em lágrimas constantes... Já te disse aqui que é o medo que me norteia. Mas não há medo que chegue que me impeça de sonhar!
E na coragem emprestada vou imaginar que estas frases chegaram ao seu destino e que quis o tempo trazer-me a resposta. Quero ler-te assim:

“Meu amor... trouxe-me o vento os suspiros do teu desejo e as palavras que sempre ambicionei ouvir e agora posso tê-las. Soube desde o primeiro instante que tu eras o meu destino e descobri, na carícia do teu olhar, que minha alma te pertence há muito.
Sonho com um gesto teu desde o primeiro momento e aguardei, na ânsia, por uma palavra tua, que tardou em chegar. Por mais incrédulo o meu sentir, nunca consegui matar a esperança que julguei vã, e hoje, meu amor... Hoje!... Hoje tornaste o meu mundo mais feliz, porque sinto agora que estás no meu universo.
Aguardo-te na nossa praia, onde já misturei com o mar as lágrimas de saudade ao pôr-do-sol.”


Oh! Ternura. Doce brisa que afaga a minha imaginação... Oh! Loucura dos dias que passo entre o mar e a areia a olhar o teu rosto imaginado, o teu corpo esculpido no querer da minha imensidão feita de um rochedo perdido...
Tu nunca chegaste! E a tua resposta foi criada pela minha loucura, isenta de qualquer realidade. Morri na nossa praia. E o corpo perdeu-se nas areias da imprecisão.
Tu nunca chegaste... mas as ondas visitaram-me sempre, e foram elas que alimentaram a minha esperança, o meu desejo e a minha vida, perdida... nesta ilha do amor...

Vera Silva e Paulo Afonso Ramos
 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
1536
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
30 pontos
14
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/02/2008 17:12  Atualizado: 12/02/2008 17:12
 Re: Ilha do Amor
Tudo é fantastico quando nos referimos ao amor!!! Tambem quero viver numa ilha assim...

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/02/2008 17:33  Atualizado: 12/02/2008 17:33
 Comentário 991: Ilha do Amor
O dueto se ressente de algum repetitivismo temático, mas nada muito comprometedor.
Porém, possui imagens que denunciam a índole poética de ambos ao autores, em quadros sensuais, poéticos, e de complementariedade.
Lembrou-me, por intertextualidade, os cânticos dos cânticos de Salomão.

Saudações Para ambos. Godi.

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 12/02/2008 19:13  Atualizado: 12/02/2008 19:13
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4527
 Re: Ilha do Amor
Mas que deliciosa ilha que vocês arranjaram.
Deliciosa demais.
Parabens.

Beijinhos POETAS

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 12/02/2008 20:10  Atualizado: 12/02/2008 20:10
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14956
 Re: Ilha do Amor p/ Vera Silva
Queridos poetas

Dois maravilhosos poetas
só poderia mesmo dar nisso
uma maravilhosa poesia...
Parabéns a ambos

Beijinhos

Enviado por Tópico
Pedra Filosofal
Publicado: 12/02/2008 20:20  Atualizado: 12/02/2008 20:20
Colaborador
Usuário desde: 17/09/2007
Localidade: Barreiro
Mensagens: 1279
 Re: Ilha do Amor
Escrevo-vos! apenas para vos felicitar por este dueto. Saiu perfeito. Só podia aliás, considerando as qualidades de cada um dos autores. Cada um de vós, sozinho é excelente. O vosso dueto só podia ter estas caracteristicas.

Rica ideia!!!!

Beijos

Stone

PS - já vos disse hoje que gosto de vocês?

Enviado por Tópico
Luis F
Publicado: 12/02/2008 20:32  Atualizado: 12/02/2008 20:32
Colaborador
Usuário desde: 15/08/2007
Localidade: Alcochete
Mensagens: 1184
 Re: Ilha do Amor
Dois excelentes poetas se uniram e construiram uma bela união. Dessa união, as palavras se soltaram e construiram este excelente texto.

Palavras para quê? Basta ler e sentir o perfume que desliza em sentimentos de amor.

Parabens amigos

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 12/02/2008 20:46  Atualizado: 12/02/2008 20:46
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Ilha do Amor
PARABÉNS AO POETAS, FICOU MARAVILHOSO O DUETO!

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 13/02/2008 09:59  Atualizado: 13/02/2008 09:59
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Ilha do Amor
Até parece a ilha dos amores...

Está lindo parabéns aos poetas

Abracitos

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 13/02/2008 22:49  Atualizado: 13/02/2008 22:49
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: Ilha do Amor
Uma gama de sentires me vieram ao corpo, como que se por instantes, me transportasse àquela ilha tão linda. As palavras que de duas almas proferiram, soaram aqui na minha mente como um cântico de amor. Parabenizo os nobres poetas.Um abraço, Ledalge.

Enviado por Tópico
flavio silver
Publicado: 15/02/2008 10:47  Atualizado: 15/02/2008 10:47
Colaborador
Usuário desde: 24/09/2007
Localidade: barcelos
Mensagens: 1001
 Re: Ilha do Amor
um dueto unificado pelo amor. parabéns aos dois.
amor é preciso, mas, amar, é preciso ainda mais.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/02/2008 01:13  Atualizado: 17/02/2008 01:13
 Re: Ilha do Amor
Que Duo mais belo, parabéns, apreciei muito.

Enviado por Tópico
Le Tab
Publicado: 17/02/2008 14:01  Atualizado: 17/02/2008 14:01
Membro de honra
Usuário desde: 02/02/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 1460
 Re: Ilha do Amor
Verdade está belo, algumas passagens muito boas, espero que continuem a postar mais duetos para nós.

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 19/02/2008 19:03  Atualizado: 19/02/2008 19:03
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: Ilha do Amor
Não poderia ser mais perfeita esta harmonia de palavras, onde quatro mãos se empenharam e escreveram criando a obra que se pode aqui ler,
Parabéns aos dois!
Está fantástico.

Beijo

Enviado por Tópico
Hisalena
Publicado: 21/02/2008 23:18  Atualizado: 21/02/2008 23:18
Colaborador
Usuário desde: 30/09/2007
Localidade: Leiria
Mensagens: 758
 Re: Ilha do Amor
Um texto lindissimo que me bateu cá muito no fundo...
Senti um misto de emoções contraditórias e uma incrivel aproximação á ideia geral.
Um dueto brilhante, cheio de alma, de sentimento e de poesia.
Lindo!