https://www.poetris.com/
 
Duetos : 

Singular despedida - Dueto

 

Hoje sou apenas mais uma na multidão
Dentro da minha concha singular
Sem muito querer e pouco sonhar

Hoje sou mais uma estrela no céu
Sem o brilho que ofusca os olhos
Dentro da retina a escurecer o olhar

Hoje sou apenas uma triste lua
Chorando em lágrimas pelas ruas

Hoje sou o vento a soprar
Triste por suas folhas a se espalhar

Abandonada pelos Deuses vagando além mar
Queimada e banida por nunca saber esperar

E nessa espera incessante vejo o dia passar
O abandono é visível preciso de você para amar

Mas a escolha foi feita e estou fora do seu caminhar
Sigo sozinha pela vida a marejar

Nunca estará sozinha seguindo pela vida
Estarei contigo até numa despedida!

Tati e Lucélia Lima

 
Autor
LuceliaLima
 
Texto
Data
Leituras
732
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.